Fiat prepara despedida de Uno, Doblò e Grand Siena

Apostando em modelos mais novos, o trio popular da montadora Fiat sairá de linha até o fim de 2021. 

Por Samara Tibúrcio

Em reta final de produçãoFiat UnoGrand Siena e Doblò deixarão de ser produzidos até dezembro, o trio veterano sairá de linha para abrir espaço para a produção de modelos mais novos.

Com a preferência cada vez maior pelos SUVs, essas mudanças acontecerão por causa das novas exigências tecnológicas do mercado. Com as novidades, os carros que não tiverem atualizações de gerações vão ficando para trás nos emplacamentos.

 O Uno, por exemplo, vai encerrar em um momento com vendas pouco animadoras.  Em 2020 ocorreram apenas 22.737 vendas, contra 230 mil no ano de 2010.  O fim da produção foi suavizado com o lançamento da linha 2022 do Mobi. Entre os mais vendidos do país em 2021 possui multimídia com tela sensível ao toque que oferece conexão sem fio com Android Auto e Apple Carplay.

Em 2014, o Grand Siena ultrapassou 106 mil unidades comercializadas. Porém, em 2020, somou apenas um pouco mais de 10 mil vendas. O carro da montadora italiana sairá de linha para concentrar esforços no Sedã Cronos, que recentemente vem se destacando nas vendas.O Doblò teve sua última reestilização em 2009 e já vai completar 20 anos de mercado. Contudo, o preço era um dos empecilhos. A Doblò deverá passar para a próxima geração em concordância com os modelos Peugeot Partner e Citroën Berlingo, que terão novos modelos feitos em El Palomar.

Deixe um comentário