Governador Romeu Zema confirma congelamento do IPVA 2022 em Minas Gerais

O projeto de autoria do deputado estadual Bruno Engler (PRTB) foi aprovado pela Assembleia Legislativa de Minas Gerais no último dia 15.

Por Samara Tibúrcio

O governador de Minas Gerais Romeu Zema (Novo) afirmou nesta quarta-feira (29) por meio de suas redes sociais que vai sancionar o congelamento do IPVA 2022 nos mesmos valores de 2021. O projeto de autoria do deputado Bruno Engler (PRTB) que prevê a manutenção das taxas foi aprovado pela Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) no último dia 15. 

“O cobertor das contas públicas de Minas é curto. Mas para amenizar os efeitos da crise no bolso dos mineiros, vou sancionar o congelamento do IPVA 2022 nos mesmos valores de 2021. Seguiremos equilibrando as contas para permitir ações imediatas sem comprometer o futuro”, declarou o governador.

Com a aprovação do projeto, os proprietários de veículos vão pagar em janeiro de 2022 o mesmo valor que a tabela de 2021. O aumento dos valores dos carros chegou a 22,81% durante a pandemia da Covid 19.

Antes de Zema confirmar o congelamento, o presidente da Assembleia Agostinho Patrus, sugeriu que o contribuinte não pagasse o imposto antes dos deputados analisarem o veto, caso Zema decidisse por vetar.  “Pagador de impostos, atenção: se o Zema vetar a redução do IPVA para 2022, não pague até que a Assembleia Legislativa analise o veto. Desta forma, você pagará menos imposto”.

Bruno Engler ao saber que o projeto havia sido aprovado usou suas redes sociais para comentar a decisão do governador. “O governador Romeu Zema anunciou que irá sancionar o meu Projeto de Lei que congela o IPVA para o ano que vem. Parabéns, Governador, não seria justo o mineiro arcar com esse aumento”.

Após aprovação do projeto cabe ao governador divulgar as datas para o pagamento, segundo a Constituição Federal 50% do IPVA são repassados aos municípios e a outra parte fica com o governo do Estado.

Deixe um comentário